A - Minhas Postagens

Eduardo Cunha vira herói da revista VEJA Quem acompanhou a CPI do Cachoeira, em 2012, vai entender facilmente o porquê de VEJA homenagear na capa desta semana o achacador Eduardo Cunha (PMDB), presidente da #HouseOfCunha. Para quem não se lembra, a VEJA foi acusada de ser o braço midiático do mafioso Carlinhos Cachoeira. A revista cometia assassinatos de reputação contra seus inimigos e tratava como heróis quem ele mandasse. Um bom exemplo desse esquema é o ex-senador corrupto Demóstenes Torres (DEM-GO), ele era tratado pelo folhetim como “paladino da ética”, mas, no mundo real, ele era peça-chave do esquema de corrupção de Cachoeira. A imprensa brasileira tem esse costume de tratar bandidos como heróis, basta que eles atendam seus interesses vis. É o que Eduardo Cunha anda fazendo em sua presidência na Câmara, pondo-se contra a regulamentação da mídia e atacando diariamente o governo Dilma.

Anúncios

Dê sua opinião:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s