A - Minhas Postagens

Bemvindo Sequeira: Oposição tem medo de Lula reconquistar a Presidência Conhecido por ser engajado politicamente, o ator mineiro e humorista Bemvindo Sequeira avaliou o atual momento político do Brasil. Para o “Seu Brasilino”, da “Escolinha do Professor Raimundo”, os constantes ataques ao Partido dos Trabalhadores e à presidenta Dilma Rousseff representam o temor da oposição com a possível candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2018. “Os ataques só tem um objetivo, muito mais que atingir a presidente Dilma é atingir Lula, querem cortar as asas de Lula de ser eleito em 2018″, disse Sequeira. Sobre o senador e candidato derrotado nas eleições presidenciais em 2014, Aécio Neves (PSDB), Bemvindo Sequeira resumiu em uma palavra: “frustrado”. “Aécio Neves é extremamente frustrado, porque não foi eleito presidente. Vai para Grécia! Tenta eleição lá na Grécia. Tenta resolver a crise da Grécia e deixa a gente em paz! É um menino frustrado, mimado”, avaliou o ator, com o humor habitual. Além disso, Sequeira declarou ter confiança na presidenta Dilma Rousseff para conduzir a economia brasileira e também apostou que o Brasil vai sair da atual crise. Leia a entrevista, na íntegra: Agência PT de Notícias: Qual avaliação o senhor faz dos ataques da oposição ao PT desde o término das últimas eleições? Bemvindo Sequeira: Os ataques só tem um objetivo, muito mais que atingir a presidente Dilma, é atingir Lula, querem cortar as asas de Lula de ser eleito em 2018. Eles querem liquidar as pretensões do PT como partido hegemônico no Brasil. Mas, mais do que isso, enquanto eles não conseguirem envolver Lula num inquérito e impedi-lo de ser eleito ou de se pronunciar politicamente, eles não sossegam. Aécio Neves é extremamente frustrado, porque não foi eleito presidente. Vai para Grécia! Tenta eleição lá na Grécia. Tenta resolver a crise da Grécia e deixa a gente em paz! É um menino frustrado, mimado. O nível em que a oposição está atacando o governo, não é um nível político, é pessoal. É nível de desespero, com raras exceções da oposição, das pessoas sensatas, que compreendem que a instituição deve permanecer, o respeito pelas eleições, pelo voto do eleitorado, pela democracia. O resto quer botar fogo no país com ataques pessoais. AGPT: E a postura da oposição, que acusa a presidenta e o ex-presidente Lula de estarem envolvidos em atos ilícitos, mas excluem outras denúncias concretas? BS: A oposição não está pensando no Brasil. Eu fico horrorizado, escandalizado de perceber como a classe política não pensa no Brasil. Cada um pensa em si, em livrar sua cara. AGPT: A população, ao tomar partido das ações ofensivas dos opositores ao governo, prejudica o entendimento político ? BS: A briga partidária sempre existiu e é necessária. Xinga de lá, xinga de cá. O que é feio é a corrupção em todos os partidos. As denúncias de corrupção afetam praticamente todos. O que fica para o povo é que ninguém presta e que são um bando de corruptos. Sou um cidadão e estou de saco cheio dos políticos. Poucos prestam. AGPT: Como o senhor tem acompanhado as discussões dos parlamentares no Congresso Nacional? BS: Eu não tenho mais nenhum respeito pelo Congresso Nacional. Sou muito radical neste aspecto. Aquilo é um circo. Com raras exceções do voto de alguns deputados honrados. O que se vota lá, vota-se por liderança, não tem voto de deputado. E quando se vota no total, cada um muda de posição, de acordo com seu interesse pessoal, ninguém pensa no Brasil. Estou profundamente decepcionado com o Congresso Nacional. Por mim, podia fechar ou trocar. Mande eles para um reformatório e manda os menores de rua para lá. Quem sabe o Brasil não fica melhor. AGPT: Como o senhor avalia as acusações que a grande mídia tem feito sobre o ex-presidente Lula? BS: Eles querem impedir que Lula seja candidato em 2018. Porque, se ele for candidato, ele ganha. Ele leva esse país de arrastão. E serão mais quatro anos de governo popular pela frente, são mais quatro anos em que os tucanos e a direita não terão vez no poder. Então, eles vão difamar o Lula. São muito graves as acusações contra Lula, não pelo teor das acusações, mas pelo objetivo das acusações que é tirá-lo da disputa eleitoral de 2018. Ninguém ofereceu melhores condições sociais para o país em termos de governo do que os últimos anos de governo da coligação do PT. AGPT: Dilma Rousseff também tem sido alvo dos ataques da oposição. Qual sua avaliação a respeito ? BS: Acho que a presidenta está tranquila, porque é honesta e muito honesta e ela não tem “rabo preso nenhum”. Tive a oportunidade de conhece-la pessoalmente na juventude e militar com ela nas organizações de esquerda. Conheço o caráter dela e é um dos melhores deste país. Querem atacá-la porque visam as próximas eleições. AGPT: O atual momento econômico que o país enfrenta poderia fragilizar o governo Dilma? BS: Nós estamos vivendo uma “crisezinha”, como disse Michel Temer. Isso será superado assim que a economia melhorar mais um pouco. Essa crise econômica não é da Dilma não, é do mundo inteiro. Nós estamos lidando muito bem com ela. A gente vai sair disso. Me parece que a oposição não está pensando no Brasil, pois quer o caos, porque acha que se tirar a Dilma ou se não eleger Lula vai resolver o problema, mas é a economia que determina os atos políticos.

Anúncios

Dê sua opinião:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s