A - Minhas Postagens

Defesa de delator sobre Eduardo Cunha: “Está em vigor a ‘moral da gangue’, que acredita por triunfar pela vingança, intimidação e corrupção” Em documento enviado à Justiça nesta quarta-feira (29), a defesa do empresário Julio Camargo, delator da Operação Lava Jato, acusou o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, e outros investigados por suspeita de corrupção de intimidar quem os denuncia, “agindo com a lógica da gangue”. “Está em vigor a ‘moral da gangue’, que acredita por triunfar pela vingança, intimidação e corrupção”, escrevem os advogados em memorial de alegações finais, apresentado numa ação em que Camargo é réu. O empresário foi quem afirmou, em depoimento à Justiça, que Cunha recebeu US$ 5 milhões em propina por um contrato de navios-sonda da Petrobras. http://ift.tt/1KG12Ih

Dê sua opinião:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s